top of page

Comunidade da Escola das Nações participa da Exposição Estudantil

Do Nursery ao Grade 12, os estudantes expuseram projetos que desenvolveram durante o semestre

No dia 12 de novembro, a comunidade escolar participou da Exposição Estudantil. Do Nursery ao Grade 12, os alunos apresentaram projetos e trabalhos do semestre. Com objetivo de construir aprendizados específicos, cada um fez um trabalho relacionado à sua área de estudo mais recente.

Para os pequenos do Kindergarten, o projeto foi inspirado nos conceitos físicos de força e movimento. Eles criaram um estilingue e estudaram sobre forças que precisam ser aplicadas para que diferentes objetos possam ser lançados. De acordo com a professora Raquel Lenzi, o objetivo foi fazer com que elaborassem uma hipótese explicando por que os resultados são diferentes com cada material. Já a professora Raquel Melito, também da Educação Infantil, revelou que a exposição foi uma experiência positiva e diferente para as crianças.

“Nessa exposição, além de desenvolver o projeto, elas tiveram oportunidade de fazer a atividade com os pais no dia da apresentação, e isso foi muito importante. Com certeza, podemos dizer que a exposição foi um ambiente transformador e original. Ver os alunos trabalhando com os familiares e com os professores foi muito legal.” Entre os principais objetivos, a exposição incentivou o conhecimento científico e auxiliou os estudantes em diversas habilidades não somente relacionadas à área de pesquisa. Por exemplo, oratória, leitura científica, entre outras.


Ana Luiza Parracho, aluna do Grade 8, optou por desenvolver um projeto voltado às artes. Seu trabalho consistiu em fazer tintas de pintura com ingredientes naturais. Fez tinta de cor vermelha, com morangos; amarela, com açafrão; azul, com repolho roxo. Em sua apresentação, ela contou ao público os benefícios de fazer as tintas com ingredientes naturais, explicou o processo de criação de cores e demonstrou, na prática, a funcionalidade das tintas com vídeos e fotos de pinturas autorais.

“Gostei muito da exposição! A melhor parte foi poder fazer um projeto em que o assunto tem a ver comigo e com o que eu gosto de trabalhar. A área que eu mais gosto é artes, então poder fazer meus desenhos com uma tinta que eu produzi foi uma experiência incrível”, revelou a estudante.



16 visualizações

Commenti


bottom of page