top of page

Alunos do Grade 2 trocam cartas com estudantes da escola norte-americana Harmony Grove

Atualizado: 15 de mar. de 2023

Por meio do Projeto Pen Pal, nossos estudantes desenvolvem leitura, escrita e habilidades de comunicação ao escreverem cartas


Nos últimos 5 meses, os alunos do Grade 2 estão envolvidos no Projeto Pen Pal, interdisciplinar, conectando habilidades de História, Português e Inglês. As professoras do Elementary, Ms. Lene Silva e Ms. Ana Serejo, fizeram parceria com a escola norte-amerciana Harmony Grove para que os estudantes troquem cartas.

De acordo com Ms. Lene, o objetivo foi estimular o desenvolvimento de leitura, escrita e habilidades de comunicação dos alunos, pois poucos têm oportunidade de escrever a punho documentos e registros históricos. Dessa forma, durante as aulas, diversos temas - uso da linguagem formal e informal na comunicação, escolha adequada de vocabulário para que o idioma diferente não seja problema, importância das cartas na construção da história da humanidade - foram abordados.

“Por meio do projeto, eles puderam observar a funcionalidade da escrita na comunicação entre pessoas desconhecidas, conhecer a realidade de crianças da mesma idade em outro local do mundo, aprimorar habilidades de leitura e escrita em inglês e português, e compartilhar conhecimentos sobre Brasília e o Brasil.” - revelou a professora.

Nossos estudantes escreveram as cartas em português em novembro de 2022 para os alunos da Harmony Grove, que as receberam em Framingham, Massachusetts, em dezembro, e escreveram as respostas em janeiro deste ano. Até o final do ano letivo, novas cartas serão escritas pelos alunos do Grade 2, agora em inglês. Para Ms. Ana, professora do programa Portuguese Language Learning (PLL), o projeto teve impacto positivo nos estudantes.


“Esse projeto foi uma experiência valiosa para os alunos de PLL, pois, como estrangeiros, tiveram a oportunidade de registar conhecimentos em língua portuguesa. Além disso, ampliaram vocabulário e habilidades em escrita no gênero textual carta, por meio de uma produção real, não fictícia. Eles ficaram entusiasmados com a possiblidade de receber resposta de seus correspondentes internacionais!” - comentou.



38 visualizações

Comments


bottom of page