top of page

Alunos do Middle School conquistam resultados incríveis no concurso British English Olympics

Ao competir contra 40 times de escolas, nossos estudantes conquistaram o 7º lugar na colocação geral do concurso e o troféu de 1º lugar no Lancing B Drama Festival


A competição British English Olympics (BEO) é um evento único que envolve conhecimentos da língua inglesa britânica. Foi realizada em Londres, Inglaterra, e reuniu estudantes de escolas bilíngues do mundo todo com objetivo de desafiá-los a demonstrar domínio do idioma em uma série de testes. De 28 de março a 13 de abril, os alunos participaram de apresentações, debates e eventos criativos e de improvisação.

Neste ano, a Escola das Nações participou da competição pela primeira vez! 13 estudantes do Middle School representaram a Nations no BEO. Acompanhados por seus professores, Monna Povala e Robert Maxfield, eles conviveram em um ambiente imersivo, envolvidos em diversas atividades ao longo de duas semanas.

A British English Olympics não se trata apenas de testar habilidades relacionadas à língua inglesa. Ela, também, oferece oportunidades para os participantes desenvolverem um senso saudável de competição e possibilidade de intercâmbio multicultural.

O Oxford International Education Group é a instituição responsável por promover a BEO. A competição foi aberta a estudantes com idade entre 12 e 16 anos. No geral, o evento proporcionou dinâmicas emocionantes. Essa é mais uma prova da importância do inglês como língua global e do valor da aprendizagem de línguas no mundo interconectado de hoje.

Resultados É grande a satisfação de anunciar que nossos alunos nos deixaram orgulhosos mais uma vez ao conquistar o 7º lugar na competição geral, entre 40 equipes de escolas bilíngues.

Porém, eles não se limitaram ao 7º lugar! Trouxeram para casa o troféu de 1º lugar no Lancing B Drama Festival, concurso de teatro realizado no BEO. Ao apresentar o tema “O novo normal”, o festival desafiou os estudantes a interpretar o assunto à sua maneira. Dessa forma, cada equipe podia desenvolver o ato cênico que desejasse.

Os alunos da Nations decidiram retratar os impactos da pandemia da Covid-19 na sociedade. De acordo com os relatos, eles não tinham figurinos nem cenário, portanto, apresentaram a peça em improviso. Foram observadas habilidades além das artes cênicas. Assim, a fluência na língua inglesa e o tom das falas também constituíram pontos cruciais para a vitória dos nossos estudantes.

Depoimentos

Tivemos o privilégio de colher depoimentos de nossos alunos sobre sua experiência no BEO.


Mariana Coelho, Grade 8 “O BEO foi uma experiência incrível! Quando estávamos nas preparações, em dezembro do ano passado, sabíamos que estávamos meio atrasados com relação às outras escolas, então chegar às semifinais pelo nosso desempenho foi uma surpresa muito legal. Apesar do nervosismo, deu tudo certo."

Recebemos muita inspiração, apoio e orientação dos professores em todos os momentos. Ter a experiência de conhecer outras pessoas e outras culturas e poder dividir isso com meus colegas foi muito importante."

Com relação ao meu desempenho acadêmico, posso dizer que o concurso trouxe muitos benefícios. Eu perdi a vergonha de falar em público e desenvolvi muitas habilidades, como, por exemplo, argumentação, improviso e trabalho em equipe. E o melhor é que eu sei que vou poder aplicar essas habilidade no meu futuro."



Vicente Oliveira, Grade 8 “Com as atividades, deu pra aprender bastante coisa, socializar. Fiz muitos amigos e adorei a experiência de ir pra outro país e poder viver a cultura de lá. Acredito que a habilidade que mais desenvolvi foi a de socialização. Com certeza, vou levar toda essa experiência para as minhas próximas conquistas no futuro!"


Na minha opinião, tivemos um desempenho ótimo apesar das nossas limitações. Participar pela primeira vez do concurso e já ter esse resultado é incrível! Com relação ao troféu no concurso de teatro, digo com segurança que nosso desempenho foi excepcional. Recebemos várias dicas do Mr. Bob. A orientação dele ajudou muito."


Sophia Castrese, Grade 8 “Ir para o BEO foi uma experiência muito legal! De cara, eu já sabia que ia perder a vergonha de falar em público e desenvolver minha oratória. Durante todo o concurso, tivemos que desenvolver habilidades diferentes, trabalhamos muito em grupo para resolver problemas e nos adaptar a cada situação."

"Estou orgulhosa dos resultados porque conquistamos tudo isso só na nossa primeira participação. Chegar à semifinais foi uma surpresa, porque achávamos que não íamos passar por sermos muito novos na competição."

"Com certeza, eu acho que a escola deve investir mais nessas viagens, porque, assim, nós, como alunos, conseguimos aprender de uma forma diferente e sair da rotina monótona. É importante nos propor essa experiência porque outros alunos podem se interessar e ter uma experiência única. Amadureci bastante e agora sei um pouco de como são as coisas no mundo real. Posso dizer, sim, que tudo que eu aprendi me preparou pra quando eu estiver mais velha.”


Vitor Dutra, Grade 6 “Eu gostei muito de ir para Londres e participar do concurso porque consegui participar de muitas atividades. Estou muito feliz com o nosso resultado na colocação geral. Consegui o 7º lugar em meio a 40 equipes. Foi incrível e me deixou orgulhoso. Fiquei muito feliz com o 1º lugar no festival de teatro também!"

"Eu achei muito legal a escola dar essa oportunidade pra nós. Aprendi muito com ela! Acho que essas viagens são legais porque conseguimos aprender mais sobre outros países, outras culturas e, também, conhecer pessoas. A viagem foi muito boa principalmente para treinar o meu inglês." "Lá, participamos de várias atividades que testaram nossas habilidade de improvisação, pensamento rápido e resolução de problemas. Acho que aplicar essas coisas no momento da atividade, sem ter um preparo, me ajudou bastante porque agora consigo ser mais rápido, ficar menos nervoso na hora de fazer alguma apresentação. Por exemplo, me concentrar nas coisas de uma forma mais fácil."

13 visualizações

Comments


bottom of page