Carta de posicionamento sobre os conflitos no Leste Europeu


Ao celebrar este alegre carnaval, é tempo, também, de refletir sobre valores espirituais que geram vida, felicidade e bem-estar.


É triste ver conflito e guerra se aproximando de países altamente avançados. Como uma Escola de inspiração na fé Bahá'í, nós nos esforçamos para nos abster de posições políticas divisórias e encorajamos pessoas, grupos e nações a aplicar princípios de consulta, diplomacia e meios pacíficos de resolução de conflito. No final, somos todos membros de uma família humana, uma espécie humana; nosso DNA varia tão pouco quanto um por cento, e todos habitamos o mesmo planeta- a Terra. Como seres humanos, precisamos aprender as lições da história e aplicar métodos e sistemas de comunicação e interação que nos permitam cooperar, colaborar e avançar juntos.


"Guerras – religiosas, raciais ou políticas - originaram-se da ignorância humana, do desentendimento e da falta de educação." Abdu’l-Bahá, Alicerses da Unidade Mundial, p. 25

"Bahá'u'lláh proclamou e promulgou os fundamentos da paz internacional. Durante milhares de anos, homens e nações foram ao campo de batalha para ajustar suas diferenças. As causas disso têm sido a ignorância e a degeneração. Louvado seja Deus! Neste século radiante, as mentes se desenvolveram, as percepções se tornaram aguçadas, os olhos estão iluminados, e os ouvidos, atentos. Por isso, será impossível que a guerra continue." Abdu’l-Bahá, A Promulgação da Paz Universal, p. 360

Nossas orações se dirigem a todos os afetados pelo conflito que se estende do norte da Ásia ao leste da Europa e causa preocupações sobre a segurança mundial e a estabilidade geopolítica. A melhor resposta é educar os atuais e futuros cidadãos do mundo para conhecer a humanidade, amá-la, servir a ela e ter capacidades necessárias para tornar a paz uma realidade.


Ms. Lisa Perskie Diretora Executiva

30 visualizações

Posts recentes

Ver tudo