Comemoração do Centenário da Semana de Arte Moderna

Em fevereiro de 1922, aconteceu em São Paulo um movimento promovido por artistas de várias áreas – pintura, escultura, literatura - com objetivo de abrir novos rumos para as artes brasileiras ainda arraigadas aos padrões europeus do século XIX. Os eventos envolveram exposições, declamação de poemas, palestras - com propostas claras: afronta e rompimento com a tradição de influência europeia.


A Semana de Arte Moderna foi alvo de críticas na época. Só mais tarde se alcançaram os objetivos pretendidos, dando início a uma cultura artística nacional, inaugurada pelo chamado Modernismo brasileiro.


Os alunos da Escola das Nações – Ensino Fundamental e Médio – estão imersos nesse importante marco cultural fazendo trabalhos artísticos que vêm sendo expostos nas salas de aula e nos murais. E vão se envolvendo em conversas orientadas por professores, estimulando descobertas e enriquecendo conhecimentos.

As áreas da Escola que atuam com artes – incluindo a literatura – estão desenvolvendo projetos interdisciplinares com produção e releitura de obras relevantes do movimento. Os objetivos das atividades vão além da comemoração do centenário. Queremos enriquecer os conhecimentos dos estudantes a respeito da cultura artística brasileira. E que eles percebam características de obras atuais como concretização e continuidade do que os artistas da Semana defendiam.



50 visualizações

Posts recentes

Ver tudo