Foco na Justiça: Concurso de Fotografia

Alunos do Ensino Médio promovem conscientização sobre justiça social em concurso internacional de fotografia


A fotografia é um meio poderoso, capaz de transmitir mensagens significativas. Pela lente de uma câmera, capturam-se vislumbres da vida que podem ser eternizados. Na fotografia, lida-se com a realidade na tentativa de compreendê-la e, sobretudo, comunicá-la. Quando usada com propósito, ela se torna uma ferramenta vital de defesa da justiça.


Ao longo da 3ª etapa, os alunos dos Grades 10 a 12 participaram do Focus on Justice: Photo Contest, um concurso internacional de fotografia para estudantes. Com mais de duzentas inscrições em todo o mundo, duas alunas da EdN se destacaram! Helena Rosa Amado, Grade 10, e Sayna Zahrai, Grade 11, conquistaram o primeiro e o terceiro lugar, respectivamente, na categoria 14 a 19 anos.


Além de terem as fotos postadas nas plataformas on-line da “Social Justice Club Initiative”, as duas fotógrafas receberão prêmio em dinheiro - 500 dólares pelo primeiro lugar e 250 dólares pelo terceiro lugar.


Da equidade de gênero à desigualdade econômica, os alunos expressaram preocupações sociais ao capturar momentos de seu cotidiano. Além de fotos, enviaram breves descrições explicando o pensamento por trás das imagens e por que acreditam que elas representam a injustiça social.


Helena Rosa Amado, Grade 10, conquistou o primeiro lugar com a fotografia intitulada “Respeito”.


“A ideia principal da minha fotografia é representar que as diferenças das pessoas não devem influenciar o respeito que recebem. Devemos respeitar a todos, independentemente de gênero, cor ou renda. Resolvi não mostrar nenhuma parte do corpo da pessoa e fazer a foto em preto e branco para não termos ideia de como era a modelo” - explica Helena.


Sayna Zahrai, Grade 11, alcançou o terceiro lugar com o trabalho “#EducaçãoNãoÉCrime”.


“O problema de justiça social que eu queria mostrar na foto é como os bahá'ís no Irã não têm permissão para entrar em nenhuma universidade. Uma das campanhas que aborda esse problema de injustiça social é #EducaçãoNãoÉCrime. Na minha foto, a garota está representando todos os bahá'ís que desejam estudar e ter educação universitária, mas não têm permissão para isso. A venda representa o governo que proíbe seu acesso à educação, e as páginas brancas são a falta de recursos de que dispõem. Esperançosamente, espalhando a mensagem, tais injustiças irão parar de acontecer”- diz Sayna.


Na aula de Artes, Diana Bracarense, professora de Artes do Ensino Médio, ensinou aos alunos enquadramento e composição fotográfica e como tirar fotos com significado. O resultado foi incrível! Além de participar do Concurso de Fotografia, os alunos criaram pôsteres digitais de fotógrafos renomados, como Sebastião Salgado, que exploram a temática social por meio da fotografia.


A Escola das Nações parabeniza os alunos que participaram do “Focus on Justice: Photo Contest”.

12 visualizações

Posts recentes

Ver tudo