top of page

Profissionais da Escola das Nações participaram do evento "Jornada de Estudos Brasileiros"

A jornada voltada para educação sustentável, colaborativa e relevante ofereceu oficinas, palestras e rodas de conversa para profissionais de escolas internacionais do Brasil

Nos dias 9, 10 e 11 de março, as professoras de Português Raquel Campelo, Stella Tavares, Claudia Sayuri, Sabrina Veiga e Nazaré Saboia, juntamente com a orientadora educacional do Ensino Fundamental 1, Ana Maria Mayr, e a consultora de Português da escola, Regina Maria, participaram da “Jornada de Estudos Brasileiros: Educação Sustentável, Colaborativa e Relevante”.


Sediado na Escola Americana de Belo Horizonte, Minas Gerais, o evento teve a presença de professores, coordenadores e demais profissionais da educação de todo o Brasil. O maior objetivo foi promover trocas de experiências de sucesso, desafios e reflexões sobre a educação. Interdisciplinaridade, metacognição e métodos para formação de alunos engajados em suas comunidades foram importantes aspectos abordados. O evento aconteceu em ambiente acolhedor, com profissionais experientes procurando interagir para expor saberes e, ao mesmo tempo, estimular a construção de conhecimentos em profissionais em formação. Houve oficinas, palestras, momentos de reflexão em grupo para compartilhar ferramentas interessantes para uso em sala de aula.

As professoras do Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio, Raquel Campelo e Stella Tavares, ofereceram a oficina “Chalk Talk no ensino de Língua Portuguesa”. Apresentaram a dinâmica "Conversa de giz" e sua aplicação no ensino da Língua Portuguesa. Propuseram atividades simples, que podem ser desenvolvidas em sala, mostrando que, sem uso de tecnologia, uma aula pode ser interessante, instigadora e, sobretudo, produtiva.

As professoras da Educação Infantil e do Ensino Fundamental 1, Cláudia Sayuri e Sabrina Veiga, também ofereceram uma oficina - “Reunião de Classe: Harmonia em sala de aula”, voltada para o Bem-Estar Socioemocional. Elas mostraram que inserir momentos de reflexão em sala de aula é uma forma democrática de solução de problemas. Estimula autonomia dos estudantes para se tornarem pessoas autodisciplinadas e responsáveis. Por meio do processo de encorajar e aplicar consequências lógicas, as reuniões de classe desenvolvem autoestima, autoconfiança e sentimentos de valor em cada aluno. O desenvolvimento profissional da equipe é uma das prioridades na Escola das Nações. Educadores são estimulados a trabalhar, a cada dia, com mais eficiência, dinamismo e em constante aprendizado. Veja depoimentos de nossas professoras. Claudia Sayuri, Professora da Educação Infantil

“Agradeço à Escola das Nações por permitir e apoiar a minha participação na Jornada de Estudos Brasileiros. A troca de conhecimentos entre os profissionais - professores, coordenadores e diretores de escolas internacionais do Brasil - foi enriquecedora. Tivemos a oportunidade de apresentar um workshop em que compartilhamos um pouco de nossa prática. Mostramos que podemos resolver um “pequeno” problema antes que se torne grande por meio da "magia" de entender e elogiar o próximo.”

Sabrina Veiga, Professora do Ensino Fundamental 1

“A participação na Jornada de Estudos Brasileiros foi enriquecedora e de muita contribuição para todos nós que almejamos uma educação de qualidade. Ter ministrado uma oficina foi um grande incentivo profissional. Me impulsionou a buscar, cada vez mais, momentos de ação e reflexão na caminhada da prática pedagógica. Agradeço à Escola das Nações a oportunidade para nosso crescimento profissional.”
28 visualizações

Comments


bottom of page