• LinkedIn - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Instagram - White Circle

Câmpus da Sede

SHIS QI 21 Área Especial Conjunto C1

Brasília, DF, Brasil | 71655-600

Telefones: +55 61 33661800

Câmpus da Educação Infantil

SMDB Conjunto 19 Chácara 02

Brasília, DF, Brasil | 71619970

Telefones: +55 61 33662947

Resultados do PSAT

 

Como uma Escola focada no desenvolvimento holístico e no sucesso dos alunos, gostaríamos de comemorar suas grandes conquistas em diversas áreas: acadêmica, esportiva, educação moral, serviço e artes. Estamos orgulhosos em compartilhar com os Senhores o excelente desempenho dos estudantes do Grade 11 no Teste Preliminar de Avaliação de Conhecimento (PSAT).

 

O PSAT é um dos exames aplicados pelo College Board nos Estados Unidos. Esse exame envolve Leitura, Produção Escrita e Linguagem e Matemática. Ele tem dois objetivos. Primeiro, ajudar os alunos a se preparar para o Teste de Avaliação de Conhecimento (SAT), considerado no processo de admissão da maioria das universidades norte-americanas e canadenses, semelhante ao ENEM aplicado no Brasil. Segundo, qualificar alunos norte-americanos com as maiores pontuações no PSAT ao Programa Nacional de Bolsas por Mérito. 

O SAT e o ENEM são semelhantes no que diz respeito ao objetivo e ao tipo de questões propostas. Preparar-se para um deles ajuda a melhorar o desempenho em ambos. 

 

Noventa e três por cento dos nossos alunos do Grade 11 fizeram o PSAT em 2015, sendo que 24% deles obtiveram nota no nonagésimo percentil ou mais. Isso significa que foram melhores do que 90% de seus colegas que se submeteram ao teste nos EUA. Quase quatro milhões de alunos fizeram o PSAT em 2015. Quarenta e quatro por cento dos alunos do Grade 11 obtiveram nota no septuagésimo percentil ou mais. A nota mais alta da Escola das Nações foi no nonagésimo sétimo percentil.

 

É importante ressaltar que a comparação é feita com alunos do Grade 11 nos EUA, sendo que a maioria se prepara para esse exame a fim de ser admitida em universidades norte-americanas. A maior parte dos nossos estudantes que fizeram o exame não é falante nativa de inglês nem planeja estudar no exterior. Os resultados desses alunos demonstram que conhecimento, habilidades e atitudes não têm fronteiras. Eles estão prontos a apresentar ótimo desempenho, sem treinamento especializado, para ser aprovados em rigorosos e competitivos exames internacionais.

 

Gostaríamos de parabenizar os estudantes e seus professores que têm trabalhado seriamente para obter maior rigor acadêmico e aproveitamento. Os docentes estão participando de treinamento contínuo e qualificação a fim de criar planos de aula desafiadores e alinhar o método de ensino e de avaliação de forma a possibilitar maior compreensão de conceitos e conteúdos por parte dos alunos. O grau de comprometimento com o ensino e o aprendizado se reflete igualmente em ambos os programas - nacional e internacional - do Ensino Médio. As habilidades intelectuais necessárias à compreensão e à interpretação de textos e informações são as mesmas em ambos os idiomas - isso pode ser dito, também, para as habilidades ligadas à matemática. O trabalho interdisciplinar está surtindo efeito.

 

Dois de nossos alunos, Mariana e Gabriel, respectivamente com notas 9,8 e 9,6 em Produção Escrita no teste PAS, explicaram melhor esse efeito. De acordo com Gabriel, “Escrever bem em uma língua ajuda a escrever bem na outra.” Para Mariana, “Praticar com frequência e escrever um texto toda semana fizeram toda a diferença.” Ambos os alunos agradeceram às suas professoras, a Sra. Ilza Helena de Borja (Português) e a Sra. Mallory Verick (Inglês) por lhes terem ajudado a obter as melhores notas nos dois exames.

 

Parabéns aos alunos, professores e pais da Escola das Nações pelo trabalhado em equipe que possibilitou esse ótimo resultado!

Please reload