• LinkedIn - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Instagram - White Circle

Câmpus da Sede

SHIS QI 21 Área Especial Conjunto C1

Brasília, DF, Brasil | 71655-600

Telefones: +55 61 33661800

Câmpus da Educação Infantil

SMDB Conjunto 19 Chácara 02

Brasília, DF, Brasil | 71619970

Telefones: +55 61 33662947

Festival das Luzes 2016

 

 

O Festival das Luzes é um de nossos mais belos eventos e uma tradição na EdN. Trata-se de celebração que evoca a diversidade de religiões. Os estudantes são levados a conhecer as religiões, os valores e os  princípios espirituais  universais exaltados por cada uma. O Festival é a culminância de um projeto desenvolvido nas aulas do programa de Virtudes para a Vida. Os alunos estudam sobre as grandes religiões do mundo e ensaiam  cânticos durante as aulas de coral. O ponto alto se dá na realização desse emocionante evento.

 

Em  2016, o Festival aconteceu no dia 17 de novembro ao cair da tarde.  Como tema da decoração, tivemos anjos, flores e velas que deram ao ambiente um toque especial de leveza. A decoração foi feita com material reciclado, sucatas e muita criatividade. Essa iniciativa está alinhada ao nosso esforço de ser cada vez mais  sustentáveis e ecologicamente corretos. A ideia é, também, mostrar quanta beleza se pode produzir a partir de objetos e materiais considerados “lixo”.

 

A apresentação de quase todo o programa e a leitura das orações foram feitas pelos alunos. Pais e estudantes vestiram-se de branco ou de cores claras remetendo ao conceito de Paz.  As canções apresentadas pelo coral (Grades 3, 4 e 5) e pelos alunos do Grade 2 foram encantadoras. A escolha do repertório se voltou  especialmente para os valores que queríamos ressaltar. Por exemplo, a canção “Minha Pequena Luz” convida a todos que façam sua parte para o bem comum; já a música “A Essência de Deus” exalta o amor; “Não Tenho Palavras” nos remete à gratidão. Em inglês, cantaram “I’m Your Angel”, “Never Alone” e  “I Gift to You”, exaltando a solidariedade, o cuidado com o outro e a compaixão.

 

Outro ponto alto foi o envolvimento de pais e professores. Houve dois grupos vocais. Cada grupo cantou uma música escolhida a dedo. Grande sucesso! O coral de pais apresentou a “Oração de São Francisco”, convidando todos a ser instrumentos de paz, amor, perdão, fé, união, verdade, alegria, compreensão e luz.  Já o grupo de  professores cantou “Felicidade”, enfatizando a importância de dar valor às pequenas coisas. Tanto as pessoas que participaram quanto as que assistiram relataram ter apreciado a união da comunidade, o que  desejamos muito para nossa Escola.

 

Os alunos tiveram participação bastante significativa na condução do evento, e todas as orações ficaram  a cargo deles. E fizeram bonito! Leram orações em inglês e em português com desenvoltura e respeito. As preces estavam amarradas ao programa e foram introduzindo  os valores explicitados em cada música.

 

Vale relembrar o belo momento de abertura do Festival, quando os estudantes entraram em silêncio,carregando velas enquanto se acomodavam no chão. Houve envolvimento imediato dos pais e professores  nesse clima  de enlevo e serenidade.

 

Como sempre, o clímax do evento se deu com o acendimento, por alunos, das velas do candelabro central, disposto bem à frente da platéia, em especial homenagem às maiores religiões do mundo. Enquanto acendiam as velas, eram acompanhados com lindas melodias entoadas pelos demais alunos. Essa prática visa reforçar a unidade de todas as religiões em termos de sua essência de valores bem como incentivar o respeito às diferenças religiosas. O clima geral era de total encantamento. O efeito dos anjos pendurados no teto e no painel ao fundo, bem como das velas acesas e das flores dispostas na frente do grupo de alunos, geravam um ambiente propício à interiorização e reflexão.  

 

Assim que o candelabro foi aceso, foi feito um momento de oração silenciosa em favor da paz no mundo e em benefício de todos os que sofrem. Muito emocionante!


Terminada a  celebração, todos os presentes foram convidados a apreciar os trabalhos produzidos pelos alunos, dispostos nos murais da Escola. Haviam cartazes, desenhos, textos, esculturas especialmente feitos por eles durante todo o Projeto. Em seguida, houve a já tradicional confraternização  na varanda da Escola, onde toda a comunidade compartilhou,  como uma grande família, de uma deliciosa refeição. Eram todos risos e  corações elevados.

Please reload